Badaró

Já tive a oportunidade de escrever aqui no blog sobre a Restaurant Week e o Badaró é um dos restaurantes participantes. A casa possui duas unidades, ambas na Zona Sul da capital São Paulo. Ambas também se encontram em dois shoppings da cidade, o Shopping D&D e o Shopping Morumbi.

Para a Restaurant Week, a unidade do Shopping D&D oferece apenas o cardápio do almoço enquanto que a do Shopping Morumbi oferece tanto o jantar quanto o almoço. Estive nesse último na hora do almoço. As opções do cardápio de almoço para essa 10ª edição do evento são:

Entrada:

  • Mix de folhas com salsão, azeitona preta, gomos de laranja e molho de queijos ou
  • Berinjela Caprese: Berinjela à milanesa recheada com mussarela de búfala, tomate marinado e manjericão fresco

Prato Principal:

  • Pintado grelhado com molho de maracujá servido com farofinha de camarão e arroz com castanha de caju
  • Paillard de frango à milanesa recheado com mussarela e Funghi, servido com Fetuccine com azeite de tomilho

Sobremesa:

  • Torta crocante de doce de leite
  • Torta mousse de chocolate com Coulis de amora

Estávamos meus pais, esposa e eu. Ninguém quis pedir de entrada o mix de folhas, todos pediram a berijela caprese, que estava macia por dentro e crocante por fora e sabor realçado pelo majericão fresco. De prato principal, o paillard de frango estava bom, já o fetuccine não mereceu nenhum destaque. O prato é muito bem servido. Já o pintado estava bem macio e quem mais chamou muito a atenção foi a farofinha de camarão, úmida no ponto.

Além do cardápio da Restaurant Week, existem diversas opções de peixes e carnes no cardápio e como todo bom restaurante de comida brasileira, às quartas e sábados oferece também a tradicional feijoada. O intuito era aproveitar o evento e provar os cardápios promocionais, porém ao passar pelo belo buffet da feijoada, não resisti.

%%wppa%%

%%slide=1%%

Para começar, um caldinho de feijão regado a um bom molho de pimenta e acompanhado de torresmo. No buffet, cada item é servido separado: arroz, farofa, couve, lombo, carne seca, paio, costelinha de porco, linguiça portuguesa, rabo, orelha e lingua, além de bisteca, linguiça, banana a milanesa e laranja. Se é que não me esqueci de nenhum item.

Tudo servido bem quente, como pede uma boa feijoada, não sou muito fã de rabo e orelha, então me limitei aos outros itens. A língua na feijoada não é a forma de preparo que prefiro, na maioria das vezes acho que ela fica um pouco borrachuda. Já a costelinha, se desmanchava com o toque do garfo. Muito bom, é pena não aguentar comer o quanto desejaria.

E para sobremesa, já que tínhamos direito, a torta crocante de doce de leite foi o destaque. A crocância do caramelo misturado ao doce de leite derretem na boca. Já a torta mousse de chocolate, com uma calda à base de amora, na minha opinião não combina. Sou fã de torta mousse de chocolate, mas a acidez das caldas de frutas vermelhas não agradam ao meu paladar. Um chantily ou sorvete seria um acompanhamento muito melhor. Pedimos também uma “pequena” porção de frutas da estação, de melancia, no meio de tanta caloria, algo tem de ser light. Tenho que confessar que quem comeu essa porção de frutas não fui eu e sim meu pai.

As mesas são amplas e confortáveis. O espaço entre elas é um pouco estreito. Se não houvesse o buffet, acredito que não haveria problema algum, mas no caminho para a mesa tive de tomar bastante cuidado para não tomar um esbarrão e ter o prato jogado ao chão, o que seria um tremendo desperdício.

Ao entrar no restaurante, sentimos o ar condicionado que deixa a temperatura agradável e nos sentimos confortáveis. O que é difícil de gerenciar é que o que nos é agradável ao corpo, faz com que a comida se esfrie rapidamente.

O garçom que nos atendeu foi sempre cordial, educado e muito prestativo. O que me admira é o garçom saber exatamente quem pediu o quê e ao entregar o prato à mesa, entrega exatamente o que a pessoa pediu. Entre tantas mesas que ele está atendendo, ainda consegue se lembrar Realmente admirável. E sempre que precisamos, bastava um pequeno sinal para que ele visse e mesmo que ocupado, logo vinha nos atender. Não nos deixando no esquecimento.

Em resumo, se deseja um bom atendimento, com bons pratos a um bom preço, não perca essa oportunidade da Restaurant Week. E eu ao ver o cardápio do jantar, fiquei bastante tentado a voltar, mas isso é história para um outro post.

Para mais informações sobre a Restaurant Week SP 2012, veja aqui.

 

Badaró

http://www.restaurantebadaro.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


*