Praça São Lourenço

Como de costume na família, fomos comemorar o aniversário de meu pai em um restaurante e unindo o útil ao agradável, escolhemos um dos restaurantes participantes da Restaurant Week SP 2012, o Praça São Lourenço. Nós fomos na unidade da Vila Olímpia. Há outra em Alphaville.

Ao chegar, manobristas prontos para recepcioná-lo perguntam se há algum pertence de valor dentro do veículo. Se houver, anotam no seu ticket de estacionamento. Acho a atitude louvável, melhor seria se ao entregar de volta o veículo também lhe pedissem para checar os pertences.

Já de fora percebe-se a imponência do local. Uma grande porta é aberta por um segurança. E logo nos deparamos com um belo visual, requintado e boa parte construída com madeira, dando um requinte ao local. Na recepção, moças prontas para encaminhá-lo à mesa. São dois salões, um ao ar livre e outro coberto, além da sacada no pavimento superior. O salão externo é cercado por grandes árvores, nem parece que estamos em plena cidade de São Paulo, encobrindo qualquer visibilidade dos prédios vizinhos.

Ao fazermos os pedidos, o garçom que nos atendeu não foi muito cordial, às vezes falando de forma um pouco ríspida. Parecia que ele estava sem muita paciência para explicar o cardápio. Deu para perceber que era um caso isolado, visto que outros que nos atenderam foram bastante educados.

Para a Restaurant Week desse ano, o cardápio constituía de:

Entrada:

  • Folhas frescas, pêra assada, nozes e molho blue Cheese;
  • Abobrinha gratinada, tomatinhos confitados;

Prato Principal:

  • Pescada grelhada, purê de couve-flor e Chutney de manga
  • Bombom grelhado, molho mostarda em grão, risoto de gorgonzola e rúcula, crocante de Parma;
  • Ravióli de ricota defumada ao Pesto de manjericão e Brunoise de vegetais;

Sobremesa:

  • Brülée de chocolate branco;
  • Cheesecake de goiaba

%%wppa%%

%%slide=2%%

Para a entrada, alguns escolheram as folhas frescas, outros escolheram a abobrinha. Para os que provaram a abobrinha, estava muito boa e o recheio bem cremoso. Já a salada de folhas frescas, chamou bastante atenção pela pêra e o toque diferente das nozes. Eu particularmente prefiro com um pouco mais de blue cheese, acredito que se quisesse era só pedir um pouco mais.

Eu escolhi o bombom grelhado, mais por causa do risoto de gorgonzola. O bombom estava macio, ao ponto e suculento, porém não foi algo que chamou muito a atenção. Já o risoto, foi decepcionante, não que estivesse ruim, mas eu esperava o sabor acentuado do gorgonzola e esse não estava presente. Acredito que quem gosta de gorgonzola, gosta de seu sabor forte. O destaque do prato ficou com o crocante de Parma, que deu uma textura diferente. Provei um pouco da pescada e aí sim, houve um grande destaque para o purê de couve-flor surpreendente. Para quem espera algo com pouco sabor, a sua consistência na medida certa e os minúsculos pedacinhos da couve-flor preenchem a boca. A pescada bem macia, levemente adocicada pelo chutney de manga combinaram perfeitamente. Se eu tivesse escolhido esse prato teria saído muito mais satisfeito e surpreendido.

E para a sobremesa, todos fomos de brülée de chocolate branco. Na minha opinião, o grande chamariz dessa sobremesa é o chocolate branco, cujo sabor não estava presente. Era apenas um creme que não chamou a atenção de ninguém. E para piorar, o caramelizado de açúcar, cada um recebeu em um ponto, alguns quase nada caramelizados e outros bastante caramelizados.

No geral, pelo ambiente diferenciado e pelo peixe, valeu a pena!

 

Praça São Lourenço

http://www.pracasaolourenco.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


*